Skam

Olá,

Já faz um tempo que não dou dica de seriado aqui no blog, né?! Hoje vou falar sobre a websérie norueguesa “Skam”. Já conhece?

b474a857367ee1e7e23697f2f73b7e29

Estreou em 2015, acompanha um grupo de jovens que vive no subúrbio de Oslo, a capital da Noruega, e trata de vários temas adolscentes e de assuntos importantes, como sexualidade e feminismo. É incrível ter uma ideia de como funciona a vida da galera jovem em um pais tão diferente do nosso. É ficção, emocionalmente intensa e realista, mas mostra o dia-a-dia de quem vive na Noruega. Os episódios são rapidinhos e têm em média de 20 minutos.

A série foi obra de Simon Fuller, o empresário inglês de entreterimento que criou “American Idol” e foi empresário das Spice Girls. Criada pela NRK e dirigida às meninas adolscentes, “Skam” se tornou sensação na Escandinávia junto a espectadores de todas as idades.

467552f984dae991a6235340e5bef37a

Durante a semana, cenas do episódio seguinte são postadas no site oficial do programa, em tempo real, bem como mensagens de texto trocadas entre as personagens. O episódio completo estreia toda sexta e é uma copilação das prévias da semana. O personagem principal muda de acordo com a temporada. Os fãs podem acompanhar os personagens no Site ou Faceboook.

44957f93ea93093a9e3f1d6d9cac33c0

A terceira temporada é a que mais vem chamando atenção. Nela, acompanhamos a vida do jovem Isak (Tarjei Sandvik Moe), que questiona sua orientação sexual e acaba se apaixonando por um colega de classe, Even (Henrik Holm). A criadora e roteirista da série, Julie Andem de 34 anos, faz questão de representar a importância de aceitar-se a si mesmo primeiro antes de contar para os pais. E é isso que Isak faz. Ele possui pais rigorosos mas mesmo assim revela que é gay. Os dois tem reações que o jovem não poderia esperar.

A série se tornou sucesso cult internacinal, com crescimento especialmente nos círculos de mídia social LGBT. No Norwegian TV awards Gullruten 2016 Skam ganhou cinco prêmios: melhor drama, melhor série estreante, a inovação do ano, melhor edição de TV de drama (Ida Vennerød Kolstø) e revelação do ano (Julie Andem e Mari Magnus).

Trailer

Espero que tenham gostado..

Já assitiu? O que achou na história? Deixe aqui nos comentérios..

Beijos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s